sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Fio de Pensamento


Há uns anos atrás, num fio de pensamento que se fez mais longo..

E, sobretudo depois de a ciência ter concluído que este universo onde habitamos é finito, e que após atingir um determinado limite de expansão, regride, contorcendo-se em convulsões até à morte e que o tempo é apenas mais uma dimensão e, que toda a matéria que nos cerca tem exactamente a mesma composição, como se fizesse parte de um todo único e vivo.., a verdade escancarou-se diante dos meus olhos... não há espaço para mais dúvidas ou enganos:

Este universo que a nós nos delimita e nos parece imenso, não passa afinal de um ser humano, igual a nós mas, neste caso, habitamos dentro dele, nas suas entranhas, assim como nós seremos um universo para outros seres de menores dimensões do que a nossa e.., assim sucessivamente e interminavelmente, qual conjunto de matrioscas bem encaixadas umas nas outras...

O Big-Bang não terá sido senão, o parto que deu origem a este universo onde as estrelas são apenas células deste corpo onde vivemos e, onde não passamos de seres microscópicos, comparáveis a quaisquer vírus que assole e comprometa a saúde do hospedeiro. Pelas descargas eléctricas que nos assolam, em dias de tempestade, pode concluir-se que a situação geográfica onde nos encontramos é, quase que de certeza o cérebro -- um cérebro, apenas mais um, no meio de muitos, neste caso, este cérebro em particular.., será por certo a nossa consciência colectiva, sendo nós, talvez, componentes (neurónios) desse cérebro que, ao ligarem-se uns aos outros, estão apenas a realizar uma sinapse condutora, responsável pelo fluir de um ínfimo e simples pensamento.

1 comentário:

  1. Ena, menina, que reflexão interessante!...
    Muito teríamos de falar um com o outro sobre este tema, e, olha, que em muitos, muitos pormenores estaríamos perfeitamente de acordo!...
    Só não concordaria com aquela do universo finito, e também não sei se estaremos (nós, seres humanos) tão pertinho do "cérebro central", como dizes, mas SEI que as nossas possíveis conversas teriam muito interesse e dar-me-iam muito prazer...
    Um "vulcão" agradável, essa tua crença, que não esperava encontrar nesta blogosfera e, muito menos, neste bloguesinho tão novinho...
    Ou será que é mais um, da mesma autora de outros que já conheci???...

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!