domingo, 25 de outubro de 2009

Pesadelo


A correr, olho para trás, tropeço e caio na vereda (...)
levanto-me de imediato.., não há tempo a perder...
o tornozelo dói, o joelho arde mas a necessidade de fuga é maior..
A mente a correr solta é capaz de inventar/recriar cenários, de os viver e até de os sentir..
mas eu SEI que são só ilusões.. imaginação de quem a tem fértil e louca..
Há que fugir.. há que correr sem parar, sem olhar.., sem permitir que a mente susurre:
"Não penses.., não fujas!!"
E o pesadelo continua mesmo depois de acordada..
Não! Por favor.. ouve-me.. não olhes.. corre..
Tu SABES que é mentira!
Tu SABES a história toda!
Que papel queres tu desempenhar nesse filme tenebroso, com mau enredo e pior elenco?
"Levanta os olhos.., deixa as lágrimas sulcarem o rosto.." - Pronto, vês? Já passou!

2 comentários:

  1. "s" acrescentado
    obrigada [estava com "voce" que usamos no lugar de "tu'...rssss...coisas de brasileiros.]

    obrigada!

    beijo!

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!