quinta-feira, 25 de março de 2010

Sem...


Não vou sucumbir à tristeza.. ouviste?
Posso bem passar sem ti..
Sem o teu carinho.. sem o teu amor..
sem até a tua amizade.. ouviste bem?
sem as tuas palavras doces..
sem os teus e-mails..
sem as tuas brincadeiras..
sem a tua sã loucura..
sem as tuas promessas de beijos..
sem os teus cafés...
sem a tua companhia.. ainda que virtual..
Pensas que não?
Vais ver!!

5 comentários:

  1. Oi, amigairmã,eu gostei de sua visita ao meu espaço e, quanto ao seu comentário, eu quero que vc saiba que eu não sou pessimista.
    O meu trecho se refere a uma realidade atual e não ao que possa vir.
    Em tempo, quero parabeniza-la pela beleza do seu espaço, que alem de bonito é muito aconchegante.
    E os seus poemas são lindos, profundos. Lembra uma pessoa muito querida. Talvez, um dia, eu lhe
    fale sobre.
    Deus a abençoe, amigairmã.

    ResponderEliminar
  2. Ninguém faz falta.....toda a gente
    faz falta....
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Palavras, nada mais que palavras, soltas ao vento desprovidas de qualquer sentimento real.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Tudo tem seu tempo.
    Ás vezes é preciso dar-se um tempo para ouvir a voz do silêncio.
    É onde estão todas as respostas.

    Um beijo

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!