quinta-feira, 19 de agosto de 2010



Que o vento leve para longe os espíritos maus!!

domingo, 15 de agosto de 2010

Cumplicidade e Nirvana



Eu penso que a palavra mágica para a felicidade
é CUMPLICIDADE!
E esta não se atinge assim com um "estalar de dedos",
de um dia para o outro!
Ela necessita de percorrer todos as fases,
passo a passo, sem atalhos..
Ela precisa chegar a conhecer os cantinhos,
muitas vezes até aqueles que nem nós próprios sabemos que existem,
ou conhecemos em pormenor;
Sem isso..,
por mais que se acredite que é possível,
Não é!
O NIRVANA não é só pele, nem desejo, nem amor..
É a soma de tudo isso, mas também..,
de muitas imagens registadas no nosso cérebro,
de muitos sons, de muitos cheiros,
de muitos paladares, de muitos toques,
que não associamos a ninguém em especial,
mas que fazem parte da nossa história de vida!
Não conseguiremos ser UNOS com outrém,
sem que o nosso EU, integral,
como o conhecemos hoje..
se parta, se estilhace em mil bocados..
volte à sua essência..
perca os elos,
se torne indistinto e vulnerável,
seja sangue e ar e dor e água,
brote a ferver das entranhas de nós mesmos,
numa amálgama indistinta, sem forma..
Esse é o "NIRVANA",
que nos pode levar a voltarmos ao UNO,
e quem estiver connosco nesse processo,
ficará certamente em nós para todo o sempre!
Será carne da nossa carne,
e sangue do nosso sangue,
e viverá connosco e por nós,
assim como nós viveremos com ele e por ele!
Esta não é uma experiência qualquer..
não é banal,
não se vive ao virar da esquina..
ela muda a nossa vida para sempre!

..


Tenho dificuldade em entender..
porque só tenho direito a saber metade da história
a ter que adivinhar o resto, nas entrelinhas do tempo;
Não necessitas esconder a dor,
nem a mágoa, nem a tristeza, nem a solidão,
nem..
É muito bom partilhar o que nos dá alegria,
mas também ajuda muito quando se divide o que nos pesa, nos entristece!
Estou aqui, OK?
Não disfarces.., não te escondas..,
não inventes.., não há necessidade disso!!
Percebes?
Não precisas "vender-me" uma imagem..
deixa-me limpar as tuas lágrimas,
deixa-me chorar contigo,
deixa-me participar na tua vida,
mesmo através do concreto que nos separa!!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Não quero !



Estar dependente da boa vontade de outrém,
sem ter voz activa em nenhuma matéria,
sujeito à violência gratúita que grassa à sua volta,
é, por incrível que pareça,
mais comum do que poderíamos imaginar,
nos nossos sonhos mais remotos..
e, não estou a falar de ilustres desconhecidos,
ou de pessoas afectadas por doenças mentais,
mas sim, familiares próximos,
que deixam morrer os seus,
na mais absoluta solidão e descaso,
aos poucos..
ou, os matam de outras formas..
incutindo-lhes o medo à custa de ameaças,
que podem ser ou não concretizadas,
dependendo da disposição do momento!

Não quero ver tristeza ou lágrimas,
nos olhos esverdeados do meu Pai!
Não quero!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Papel em Branco



Hoje faço greve à escrita.
Não transcrevo pensamentos para o "papel em branco".
Deixo-os ficar onde estão,
Deixo-os morrer à sede,
E, quando desidratados estiverem,
varro-os para um cantinho da mente,
escondidinhos debaixo de uma membrana qualquer,
esperando que ninguém os descubra nunca mais,
nem mesmo eu!

domingo, 1 de agosto de 2010

bulling, poesia, progresso e vergonha!



Num mundo tão avançado e retrógrado como o nosso,
parece mal a pureza..
Ser NAIF é ser parvo!
Vira-se alvo de bulling,
com rótulos de toda a espécie...
Que loucura.. isso!
Há vergonha em ser-se poeta,
em ser-se ternurento,
em ser-se sensível;
Os sentimentos sublimes não se coadunam com a pressa do dia-a-dia..
A paz só é possível através de ansiolíticos..
E a maioria de nós, esconde de todas as formas,
o brilho nos olhos que teima em reflectir,
os batimentos cardíacos mais acelarados,
frente à beleza de um pôr-do-sol ou de um amanhecer..
não vá alguém descobrir que somos humanos..!!
Dicionário-base

Como vou a Praga.. /Bratislava /Viena/Budapeste/zagreb

Convém aprender umas coisitas na língua dos tchecos/eslovacos/austríacos/húngaros/croatas

Bom dia.. –
Por favor.. –
gostaria de ver –
este livro –
esta caneca –
esta marioneta –
esta peça de cristal –
este magnet –
esta bijuteria –
Queria –
uma garrafa de água –
glass -
sumo de laranja –
bolo –
chocolate –
pão com queijo –
pão:
queijo:
café -
café com leite –
sopa -
fruta -
gelado –
trocar dinheiro -
Sim -
Não –
Sinto-me doente -
Onde fica –
Uma caixa multibanco -
o Hospital –
a farmácia -
museu -
Olá -
Oi –
Boa noite -
Ponte -
Relógio -
castelo -
Quanto custa? -
Vou levar, obrigada! –
Adeus -
open -
Fechado -
end -
Intervalo -
tram -
Hotel -
What time is it? –
Onde ficam os lavabos?
Onde fica o Internet Point? -
Sapatos -
Loja -
Souvenirs -
Aeroporto –
Bagagem-
Avião -
Vôo –
Somos de Portugal –
Vimos numa excursão pela Abreu –
O meu nome é –
Comboio –
Estação Ferroviária –
Chame-me um táxi –
Aceitam -
cartão de crédito? –
euros?
Qual o transporte que devo apanhar para –
Qual o prato típico daqui?
Está calor-
Está frio –
Desculpe –

Dicionário para língua checa

Como vou a Praga..

Convém aprender umas coisitas na língua dos tchecos!
Bom dia..
Por favor.., gostaria de ver este livro / esta caneca /esta marioneta /esta peça de cristal /este magnet /esta bijuteria
Queria uma garrafa de água /um bolo daqueles /pão com queijo /
café com leite /sopa /fruta ..por favor..
Quanto custa?
Vou levar, obrigada!
Adeus
Sim /Não
Sinto-me doente
Onde fica o Hospital /a farmácia /o museu
Olá/oi
Boa noite
Ponte
relógio
castelo

A tradução para checo ficou assim:

Jak mám jít do Prahy ..

By se měli naučit některé tu věc v jazyce Češi!
Dobré ráno ..
Prosím .. já bych si přál, aby tato kniha / tento hrnek / tohoto loutkového / tento kus křišťálu, tento magnet / tohoto šperky
Mám láhev vody / jeden z těch koláč / chléb / sýr
káva s mlékem / polévku a ovoce .. prosím ..
Kolik?
Vezmu, děkuji!
Sbohem
Ano / Ne
Je mi zle
Kde je v nemocnici / lékárny / muzeum
Dobrý den / Ahoj
Dobrou noc
Most
hodiny
hrad

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!