domingo, 1 de agosto de 2010

bulling, poesia, progresso e vergonha!



Num mundo tão avançado e retrógrado como o nosso,
parece mal a pureza..
Ser NAIF é ser parvo!
Vira-se alvo de bulling,
com rótulos de toda a espécie...
Que loucura.. isso!
Há vergonha em ser-se poeta,
em ser-se ternurento,
em ser-se sensível;
Os sentimentos sublimes não se coadunam com a pressa do dia-a-dia..
A paz só é possível através de ansiolíticos..
E a maioria de nós, esconde de todas as formas,
o brilho nos olhos que teima em reflectir,
os batimentos cardíacos mais acelarados,
frente à beleza de um pôr-do-sol ou de um amanhecer..
não vá alguém descobrir que somos humanos..!!

2 comentários:

  1. Aquilo que o poeta revela
    e o mais que segue oculto
    em vítreos alçapões
    são notícias humanas
    a poesia mais rica
    é um sinal de menos


    Um beijo

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!