terça-feira, 26 de outubro de 2010

Transição


Mais serena passei o dia,
Talvez por ter aberto ontem as comportas..
Ter deixado sair a angústia que me comprimia!
Pois é.. , temos que saber entender cada momento;
No Outono.., por exemplo:
Enquanto pelo chão, tapetes de folhas mortas..
Debaixo da terra, no seu leito escondido,
Aconchegadas, as raizes hibernam tranquilas,
Pois sabem que quando o sol começar a aquecer novamente,
Renascerão!

5 comentários:

  1. Tudo se renova. Do outono pula e vai pra primavera.
    Bela postagem, muito bela!
    Beijinhos
    Renata
    PS: Minha amiga, estou contigo com outra conta Google, mas estou e vou ficar. Muito obrigada por estares comigo.

    ResponderEliminar
  2. Tudo se renova, a seguir à tristeza vem a alegria.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Oiê, amiga! Cá estou contigo de todas as meniras que posso.
    Beijos e Força aí!

    Não posso deixar
    O mundo girar
    E eu, aqui parado
    Olhando num espelho
    Esperando ser velho
    Vendo-me decepcionado.


    Vou ter que lutar
    Vou ter que sonhar
    Vou ter que viver
    Vou precisar de querer.


    Não há vontade perdida
    No segredo da vida
    Que é: lutar
    lutar
    lutar
    Desde a nascença
    Durante a presença
    Até ao nunca mais voltar.


    Vou continuar
    Mesmo sem motivo
    Que melhor incentivo
    Constatar
    Que estou vivo?...

    Incentivo
    By bloackt, autor português

    Bom Dia!
    Renata
    Se quiser, dá um passeio lá pelas redondezas.

    ResponderEliminar
  4. Encontrei o seu blogue por acaso, mas foi um prazer navegar nele.

    Bjs

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!