segunda-feira, 4 de julho de 2011

Visto


Eu sempre fui muito despachada..
No sentido de achar que resolvia um assunto.. pronto:
Assunto Resolvido.. punha-lhe um visto, uma chancela e passava para o próximo (assunto)!!
No amor também.., cheguei a ter essa ilusão..
de que fosse possível, encontrar a pessoa certa e,
a partir daí.. tudo fluiria normalmente..
(contos de fadas a mais.. nas cabeças das meninas, ditas normais..)

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Talvez o engano esteja no fato de que no amor nada é normal. Mas o texto ficou ótimo. :) Boa semana!

    ResponderEliminar
  3. Pois.... a matemática não se aplica ao amor!!!

    ResponderEliminar
  4. As coisas nem sempre são como nós as idealizamos, infelizmente.

    ResponderEliminar
  5. Os contos de fadas não despacham, remetem para uma espécie de pintura. Mas uma pintura sensível, alheia a um olhar apressado...

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  6. Colocar uma chancela no amor é um passo arriscado. Daí que, naturalmente, obrigava a passar "para o próximo"...
    O ideal da "pessoa certa" catapulta para o nosso "horizonte" as nuvens que nos obrigam a correr atrás de um "abrigo" que nos proteja...
    Mas... acredito, contudo, que existe essa "pessoa certa". Por vezes, passamos a seu lado, quase a tocar-lhe... e não a reconhecemos...
    Outras vezes, insistimos nessa ilusão de que "a" encontrámos e...
    Os contos de fadas têm também destes personagens... mas, quase todos, acabam em bem... felizes para sempre...
    O que "fizémos" nós para o sermos?... Eu sei que fiz muito... muito mesmo!...

    ResponderEliminar
  7. ....e não flui..normalmente????....
    Beijo

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!