sábado, 18 de maio de 2013

Pé, ante pé

Pé, ante pé,
Sorrateiramente,
A medo....
Espreito para dentro de mim:
Coração e cérebro debatem:
O coração, rubro de paixão, indaga:
"Porque continuas tu, oh cérebro a ignorar o que eu sinto !?"
E o cérebro, cheio de razão, responde:
"E tu, velho coração, quando terás tu juízo?"



Voa..

Ultimamente.. sobra o tempo, sobra a vida, e o pensamento aproveita e.. VOA!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Sem valor

Ah.. Sentimento atroz.., de total espectro, que enleva e sublima, que encanta e toca, que nutre e fere, que corrói e mata, .. que não tem valor !?

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!