domingo, 10 de janeiro de 2010

Vazio



Mãos cheias de nada,
atarefam-se a realizar múltiplas e variadas funções,
que compõem uma vida repleta de.. nada!

É estranho porque..
O cérebro está cheio e vivo..
cheio de ideias e de imagens,
que chegam mais e mais a cada instante,
teimando em ocupar memória,
sem que alguma vez venham a ser necessárias,
a exemplo de tantas outras que por lá pululam..
qual biblioteca esquecida,
coberta de pó e teias de aranha,
numa recôndita cave escura de um qualquer filme de terror!

Às vezes parece que basta um passo para que o arco-íris
se espalhe e cubra tudo de cor..
outras.. não,
o frio empurra-nos para a caverna,
obrigando-nos a hibernar e a esquecer,
pondo pontos e vírgulas nos pensamentos,
que teimam em querer sobreviver!

Vida vazia de tudo!
Vida cheia de nada!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!