segunda-feira, 3 de maio de 2010

Lado a Lado


Caminhamos lado a lado, apesar de separados..
As mentes comunicam entre si sem precisarem de intérprete..
Os sonhos são os mesmos e os pulsares também..
Há uma parte de nós que está interligada..
É estranho e, contudo.. é o que sinto!
Tudo o que temos é tanto e tão perfeito que,
Há um medo de parte-a-parte de que se alteramos a vírgula,
a frase deixe de fazer sentido e tudo se evapore,
de um dia para o outro!
Mas.. continua a ser estranho!
Dá vontade de partir o vaso,
de espalhar a terra e de "salvar" a planta!
Porque sentimos,
que a liberdade está em causa...
Que está premente uma mudança,
que não queremos que aconteça.
Ou será que a mudança já ocorreu,
e não demos conta de nada?!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!