terça-feira, 31 de maio de 2011

Amparo e desamparo


Por vezes há tanto de desamparo em nós,
mas ao mesmo tempo tanto para doar - para amparar!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Agradecimento


Este post é um agradecimento a todos os meus amigos que aqui deixam sempre comentários tão simpáticos. As vossas opiniões são muito importantes para mim. Beijinhos a todos, de coração!

domingo, 29 de maio de 2011

Metamorfose


Quero ser nuvem..
para me metamorfosear,
ao sabor do vento!

Âmago de mim


Preciso ir ao fundo, ao âmago de mim,
e conhecer o bem e o mal que me compõem!

Transporto em mim


Transporto em mim
todos os momentos que vivi - bons e maus!
Não como chamas acesas,
mas como doces e ténues lembranças!

sábado, 28 de maio de 2011

No vento..



Transfigurando certezas,
palmilho estradas de vento
ondulantes e mágicas;

Sigo-as sem exitar
deixando a curiosidade se instalar..

Olhos penetrantes tudo miram
e a sensação é boa!

Quem?


Se eu vejo com os teus olhos
e, sinto com o teu coração..
Eu não sou eu..
Quem sou eu, então?

La Palice


O problema..
é não conseguirmos resolver
os problemas!!

Porque..
[Se conseguíssemos resolver os problemas,
não tínhamos problemas!]

Sonhar SER

Para conseguirmos SER,
precisamos SONHAR!
Mas..
Para conseguirmos SONHAR,
precisamos SER..

Como fazer? SE,


Para sonharmos e meditarmos, necessitamos de TEMPO, PAZ
E, só conseguimos essa conjugação de factores..
quando temos MUITO ou não temos NADA!
Porque no meio termo,
andamos tão ocupados a SOBREVIVER..
que não temos..
nem TEMPO, nem PAZ,
para conseguirmos SER!

Uno


Há tanto de ti em mim,
e de mim em ti,
que muitas vezes, acordo,
e já não sei quem sou!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Cultivando o bem


Os sentimentos bons podem ser cultivados!

Estranho sentir


Eu, que caminhava tão descansada
pela minha estrada iluminada
vi de repente algo brilhante e parei para ver: (melhor)
fiquei lá especada, como que hipnotizada
sem mais ter querer ou poder!

Que estranho sentir este doce embriagar,
que te leva pela mão, sem te levar!

Observações


Não gostaria de amar assim..
Mas,talvez gostasse de ser assim, amada!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Apetece-me Neruda..


No te quiero sino porque te quiero
Y de quererte a no quererte llego
Y de esperarte cuando no te espero
Pasa mi corazón del frío al fuego.

Te quiero sólo porque a ti te quiero,
Te odio sin fin, y odiándote te ruego,
Y la medida de mi amor viajero
Es no verte y amarte como un ciego.

Tal vez consumirá la luz de enero,
Su rayo cruel, mi corazón entero,
Robándome la llave del sosiego.

En esta historia sólo yo me muero
Y moriré de amor porque te quiero,
Porque te quiero, amor, a sangre y fuego


(Soneto LXVI de "Cien sonetos de Amor" - 1959)
Pablo Neruda

A semente


O problema é que..
a semente que plantaste em ti,
também plantaste em mim!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Contradiction


Há tantos sentimentos contraditórios em nós..
Mesclas de tristeza e alegria,
de torpor e de euforia,
de encantamento e de decepção,
de amor e de paixão..
(serão estes dois contraditórios, perguntam)?
Eu penso que são!

terça-feira, 24 de maio de 2011

Lisboa florida

(Foto de Américo Meira)

Que belos que são os jacarandás.. e que vida deram a Lisboa,ao espalharam a sua linda cor de alfazema,mesclando o verde das árvores perenes!
Não me canso de olhar para eles.

Eloquente_mente


Eloquentemente percorro o tempo..
neste pouco espaço que me resta!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Dói


Não te quero ler.. magoa!
Mas.. leio-te!
Não te quero entender.. dói!
Mas.. entendo-te!

O que deveria ser?
Cada um com as suas musas/os (?)
Cada um com o seu sofrer,
Ser poeta até morrer!

Enfrentando a tristeza


Estou triste.. triste..
Mas não posso estar..
Tenho que enfrentar!!

domingo, 22 de maio de 2011

Realidade


Tenho que olhar para ti de outra forma,
para meu e teu bem!
Tenho que olhar para ti e ver a realidade:
Por mais que isso me doa..

Não é fácil não ser importante para outrém..
não estava habituada a não sê-lo..

Na verdade, "realidade" é coisa que talvez eu nunca tenha visto, realmente!

Ao longo da minha vida..
pintei para mim, uma realidade fácil, bonita,ligeira..
onde eu representava sempre o papel principal
e onde a vida me sorria, apesar de tudo!
Mas essa nunca foi a verdade!
Essa era só uma realidade criada por mim.., fantasiada!

É por isso que:

Tenho que olhar para mim, de outra forma,
para meu e teu bem!
Tenho que olhar para mim e ver a realidade:
Por mais que isso me doa..

Extensão de amor


A maior parte das vezes somos altruístas.. amamos os outros que por sua vez não nos amam e amam outros e, assim caminhamos, coleccionando, frustrações e tristezas, enlutando-nos a cada passo. O maior amor que devemos ter, egoismos à parte, é por nós mesmos, porque amando-nos em primeiro grau, iniciamos uma extensão de amor que vai, necessariamente, propagar-se a tudo o que está à nossa volta, contagiando e, por certo, seremos mais felizes e, consequentemente, levaremos mais felicidade a todos e o retorno virá, na certa!
Eu estou a descobrir este caminho.. novo, ainda, para mim!!

Este post foi inspirado no "Enlutar-me-se" da Cátia Bosso, a quem agradeço a inspiração.

Saudades tuas, meu pai


Saudades tuas.. meu pai:
Talvez que, olhando para trás
eu constate que..
foi menos o tempo que cuidaste de mim
do que o tempo que cuidei eu de ti..
mas a vida é isto mesmo
e os laços fortaleceram-se mesmo assim,
ou talvez mais até.., por isso!
E, agora que já não estás..,
constato que..
não tenho mais a quem cuidar,
nem tenho mais quem cuide de mim!

sábado, 21 de maio de 2011

Alma em fogo


Alma em fogo,
verve louca,
grita rouca,
no silêncio, logo!

Sinto..


Sinto a tua falta..
mas..
Sinto a tua presença!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Sensações

Descalcei os sapatos..

Peguei na ponta da fita,
e seguí-a, curiosa..
A penumbra convidadva!

Uma banheira com luz difusa,
cheia de sais cheirosos e pétalas de rosa,
transbordava!

Pingando p'la casa fora,
notei que a fita continuava..
Música suave acompanhava..

Uma flute bem fresquinha,
morangos e chocolate,
e um lençol escarlate..



Arrepio na pele.....
sopro a vela e... vou!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

terça-feira, 17 de maio de 2011

Se....


Se eu soubesse..
Se eu pudesse..
Se a vida colaborasse..
Talvez eu fosse..

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Adormece-me


Doce tormenta..
embala o meu corpo..
e adormece comigo!

sábado, 14 de maio de 2011

Se te lembrares..


Se te lembrares..
Não te esqueças de pensar em mim,
de vez em quando!
Se me esqueceres..
Não me acordes,
Deixa-me dormir e continuar a sonhar!

Voz e Silêncio


A voz machuca..
Mas, nada tortura mais do que o silêncio!

Cansada..


... lá se vai o sábado..
e, eu..
continuo cansada!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Papel em branco..

A pintura é de Russ Mills

O papel em branco aguarda..
que eu debite através de borrões de tinta,
aquilo que nem eu própria, de forma consciente, sei!

Faltam aqui posts...


Como aconteceu a todos, imagino, perdi vários posts que inseri ontem. Como não tenho backups do que escrevo - vai-me saindo directamente para a página em branco, não posso efectuar a sua reposição. Assim, não há nada a fazer, já que quem tinha essa responsabilidade (Google) não o consegue, pelos vistos, repor. Tenho pena mas, enfim, também não é o fim do mundo!
Continuarei a postar e a acreditar que este tenha sido apenas um incidente pontual.
Continuarei, igualmente,a contar com os meus amigos seguidores para acederem a estas fracas, poeticamente falando, linhas e vou concerteza continuar a alimentar-me dos v/conhecimentos, mensagens e poesias que tão bem me fazem - isto, se o Google o permitir, claro!

Beijinhos a todos,
MM

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Desentorpecimento


Durante muitos anos,
andei neste mundo como que entorpecida:
Quem me rodeava ditava as regras,
e embora eu não concordasse com elas.. acabava por aceitá-las,
até porque quem sabe "entorpecer" os que o rodeiam,
sabe bem como o deve fazer,
e não deixa muitas alternativas,
porque mina todos os caminhos,
e, sabe-se lá bem porquê..,
consegue sair-se vencedor!
No entanto..
Aos poucos, sinto-me a acordar desta longa hibernação..
Sei que tenho pela frente muitos obstáculos,
e ainda pouca força e energia..
Mas.., como eu quero muito,
atingir os meus objectivos de felicidade e equilíbrio..
Tenho que dar o tudo por tudo!

Longas batalhas se avizinham.., algumas mossas ficarão..
mas.., conto ganhar algumas!!!!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Será doença?


Esta alternância entre alegria e tristeza
entre recolhimento e expansão
esta dependência de humor.., consoante..

terça-feira, 10 de maio de 2011

Pulsante


Mas..
Há uma inquietação em mim..
latente..
pulsante..
que dificilmente se aquieta..

Meditando..


Fecho os olhos,
respiro fundo,
tento visualizar a energia a chegar a mim,
fluindo, tomando conta do meu corpo e mente,
enchendo a minha vida de esperança e força!

Nós e o tempo


Passamos o tempo a querer que o tempo passe,
E, quando nos damos conta de que passou..
Sentimos pena, por ele já ter passado!

Fragmentos


Chegamos a um ponto nas nossas vidas,
em que já só nós próprios conseguimos ver
algo de positivo em nós!
Mas..
E, quando já nem nós próprios conseguimos ver..?
Agarramo-nos a momentos em que fomos,
como se esses momentos, que já foram,
ainda fossem.
Como se esse tempo que congelámos em nós,
fosse a única ranhura na rocha,
à qual nos podemos agarrar,
capaz de suster a nossa queda,
no vazio de nós mesmos!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Queria tanto..


Queria tanto que pudesse ser diferente:
Que eu tivesse força para te provar que a felicidade é possível - porque eu sei que é..!

Queria tanto que tudo pudesse ser diferente:
Que tu tivesses força para me provar que a felicidade é possível - porque, no fundo, tu sabes que é possível..!

Mas como ambos estamos fragilizados, cada um de uma forma diferente..
Isso condiciona-nos e não conseguimos, pelo menos por ora, provar nada um ao outro!

Em círculos


Vou lutar para estar de bem comigo e com a vida,
de modo que, nunca mais a vida me apanhe desprevenida..
Estou cansada de andar em círculos, sem sair do mesmo sítio!

Tempos incorrectos?


Às vezes, apenas, os tempos, não são os correctos:
No entanto, há mais cruzamentos ao longo da vida,
Quem sabe, as vidas não se cruzarão uma outra vez?

Que fazer?


As pessoas não podem ficar em suspenso,
à nossa espera,
ad-eternum!
Só posso compreender!

Se..


Se não podemos ser todos felizes,
ao menos alguns que o possam ser!

Ilusão


A ilusão é fruto do querer, na expectativa
de algo que pode ser ou não alcançável...

(Alice Barros)

Inimigos


A maior parte das vezes,
somos nós próprios os nossos maiores inimigos.
Sobretudo quem tem uma mente profícua,
que tudo pensa, tudo floreia, tudo fantasia!

sábado, 7 de maio de 2011

Oração


Obrigada meu Deus,
por não permitires que haja ódio no meu coração!
Ajuda-me para que assim eu continue:
Para que em mim,
apenas as raízes do amor, floresçam e frutifiquem!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Falta


Há pessoas, que sem darmos conta..
se instalam de tal forma nas nossas vidas,
que quando não estão tão presentes,
por um motivo qualquer,
nos fazem tanta falta..
Fica um vazio grande, em nós!

A maior parte das vezes..


A maior parte das vezes..
não sei traduzir em palavras,
aquilo que sinto!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!