sexta-feira, 27 de maio de 2011

Estranho sentir


Eu, que caminhava tão descansada
pela minha estrada iluminada
vi de repente algo brilhante e parei para ver: (melhor)
fiquei lá especada, como que hipnotizada
sem mais ter querer ou poder!

Que estranho sentir este doce embriagar,
que te leva pela mão, sem te levar!

3 comentários:

  1. Embora estranho, esse sentir é Luz que te preenche completamente.
    Gostei de estar aqui.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Há esse secreto olhar, essa luz que nos vem e uma capacidade de ver o mais banal com algum encantamento.A vida volta a ser possível!


    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Não há beleza perfeita que não contenha algo de estranho...

    Abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!