quinta-feira, 5 de maio de 2011

Transbordando..

Quando sempre tivemos tão pouco.. (falo por mim)
de afecto, de compreensão, de amor..
qualquer gotinha, um simples olhar - um grito rouco..,
nos enche de felicidade e fulgor..
nos liberta de qualquer dor..
No entanto.. é preciso, não ter pressa,
deixar que os sentimentos se consolidem,
que as dúvidas se mitiguem..
porque, nestas circunstâncias,
qualquer carinho soa a promessa,
(cansei-me de rimar..)
e as mágoas já vêm de trás e são tantas,
que a mente não sabe fazer a destrinça,
e dá ordens de comando, porque não quer repetir o engano..
e refreia e contesta e soluça e golpeia..
É uma luta que se trava dentro de nós,
e à qual muitas vezes, assistimos sem interferir,
porque já nos magoámos antes e..
enfim..
torna-se, por vezes, difícil sabermos
para que lado devemos correr!!

2 comentários:

  1. É...cada um por si...Por vezes é bom ficar com
    um ligeiro afecto ou carinho....
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. A falta de afeto e compreensão em alguns gera frieza e distanciamento, mas nos bons gera fulgor.

    Não tema e não espere muito, apenas dê e receba o que for possível.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar

Sinta-se à vontade para comentar como bem entender!

Selinho oferecido pela Verinha

Selinho oferecido pela Verinha
a quem eu muito agradeço!